segunda-feira, 26 de abril de 2010

Nossa viagem a Buenos Aires


Puente de la Mujer é uma obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava. É a síntese da imagem dum casal dançando tango.

Estivemos "tangueando" em Buenos Aires nesta semana. "E como todo bom vizinho, um sempre acha que a grama do outro é mais verde que a dele, portanto...
Se
- Eles tem o tango, nós temos o samba.
- Eles tem Maradona, nós temos Pelé.
- Eles tem Fito Paez, nos temos Chico Buarque
- Eles tem Jorge Luiz Borges, nós temos Machado de Assis.
- Eles tem Bife de Chorizo (contra filé), nos temos feijoada.
- Eles tem o Rio da Prata, nós temos o Amazonas.
- Eles tem manzanas, nós temos bananas.
- Eles tem alfajor, nós temos brigadeiro.
- Eles tem Carlos Gardel, nós temos Carmen Miranda.
(Carmen Miranda era portuguesa e Carlos Gardel...ninguém sabe)."
Fonte: Viagem e Turismo -maio 1996
E eu arremato:
- Eles tem Café Tortoni, nós temos Confeitaria Colombo.
- Eles tem Cristina Kirchner, nós temos Lula.
- Eles tem Maradona como técnico, nós temos Dunga.

A cidade é uma frequente referência ao passado, dos monumentos ao tango, com um charme que só o portenho possui.

Vou postar algumas fotos, contar algumas histórias e micos que compartilhamos nestes dias intensos que vivemos em Buenos Aires - Raquel, Pedro, Euripedes e eu.
Acompanhem!




Raquel, Pedro, Euripedes e eu embarcamos com destino a Buenos Aires no dia 17 de abril de 2010, sábado, pela Tam.

Passagem aérea - Udi- São Paulo - Buenos Aires (ida e volta) 750,00 reais por pessoa.


No vôo São Paulo-Buenos Aires em um Airbus A330 havia um aviso numa plaqueta de metal colocada no braço da poltrona com a palavra cansado escrita com Ç (CANÇADO). Pensei, vou fotografar, mas esqueci. E conferi, não era um erro de uma plaqueta, mas acho que de todos os lugares. Uma pena!

Não é preciso comprar pesos aqui no Brasil.Chegando no Aeroporto de Ezeiza tem uma agência do Banco de La Nacion que realiza câmbio confiável durante 24 horas e 365 dias por ano. A cotação está em torno de 1 real por 2 pesos. Recomenda-se não fazer troca de moeda em qualquer Casa de Cambio. Nem todas são confiáveis.


Para o traslado, procure o quiosque na saída do desembarque (lado de fora) e eles encaminham para o Taxi. Fica em torno de 120 pesos ou 60 reais ou 30 dólares. E levam 4 pessoas. Se estiver sozinho ou 2 pessoas, procure a Manuel Tienda Leon, ainda dentro do aeroporto, perto da saída, que possui ônibus e custa 38 pesos por pessoa, até a Estação Retiro,de onde se pega taxi até o Hotel. Taxi é barato, umas 20 quadras custa mais ou menos 12 pesos (6 reais). Portanto, só é vantagem pegar o taxi do aeporto para a cidade se forem 4 pessoas.


CHEGADA



Ficamos hospedados no Ibis Obelisco na Rua Corrientes, pertinho da 9 de Julho e do Obelisco.

Pagamos l.236 pesos, ou 618 reais por 4 diárias com café da manhã para casal. O hotel é muito bem localizado, agradável, seguro, funcionários super educados, um honesto café da manhã que é opcional. Se quiser pode optar pela diária sem café da manhã.

Obelisco - Lavalle - La Casona del Nonno - La Estancia

No vôo São Paulo - Buenos Aires, foi servido almoço por volta das 16 horas, portanto ao chegarmos ao Hotel, todos, exceto eu, estavam dispostos a não jantar. Saímos em torno de 2l horas, caminhando pela Rua Corrientes em direção a Lavalle e Florida. Quem conhece Buenos Aires sabe que bares, restaurantes e lojas ficam abertos até tarde da noite e há um vai e vem constante de pessoas pelas ruas. Achei a Lavalle mais desleixada e mais apagada do que a última vez que a vi em 1993. Montanhas de lixo nas esquinas e catadores desarrumando mais o que já estava desarrumado. A Florida vibrante, iluminada, alegre me pareceu decadente, escura, triste e muitos, muitos camelôs com seus produtos espalhados no chão ao longo da rua. Isto confirmava o descontentamento com a Presidente Cristina Kirchner da taxista que nos levou do aeroporto ao Hotel. Buenos Aires não é mais a mesma. Na Lavalle, o assédio dos restaurantes disputando clientes nos levou ao La Casona del Nonno, (Lavalle, 827). Como só eu havia manifestado vontade de comer, decidimos compartilhar 2 pratos: o Assado de Tira (costela de boi) e Bife de Chorizo (contra-filé). Ao fazermos o pedido, a garçonete insistia que o prato era para apenas 1 pessoa, apesar de explicarmos que queriamos dividir. Havia 1 garrafa de vinho sobre a mesa que custava 40 pesos e no cardápio outra opção de Cabernet Sauvignon por 28 pesos. Esta foi a escolhida e ainda dispensamos o couvert (pão,manteiga). O vinho estava ótimo, a comida também porém, prestando atenção no cardápio, percebi que tomando o vinho de 40 pesos, poderíamos levar mais 2 garrafas. Começa aí a pagação de mico. Pedimos a conta e cobraram os 12 pesos do couvert que dispensamos e 12 pesos de serviço, porque haviamos pedido apenas 2 pratos, mas foram servidos para 4 pessoas. O jeito era rir muito de nós mesmos. Pedimos então algum "regalo". A garçonete saiu e voltou com 4 taças grandes de espumante, delicioso por sinal.

A Raquel , que já se considerava meio "borracha" com 5 ml de vinho, cedeu o seu espumante que imediatamente foi dividido por nós 3. Na volta para o Hotel paramos para uma pose em frente ao La Estancia, churrascaria que coloca aqueles assados giratórios na vitrine. Enquanto o Pedro se desdobrava para bater a foto, a Raquel sumiu. Foi encontrada logo depois numa loja, é claro.

DOMINGO - LA BOCA

Caminito, San Telmo, Casa Rosada, Esquina Carlos Gardel

18 de abril, domingo de sol, um dia lindo e fizemos o que todo turista faz em Buenos Aires no domingo. Passear em La Boca, San Telmo, Plaza de Mayo e terminar o dia num Show de Tango.

Escolhemos ir de Metrô para La Boca. Esclareço que não foi para economizar no Taxi que é muito barato, foi para conhecer mesmo. Pegamos o Metrô 1.20 pesos por pessoa. O Metrô, conhecido lá como Subte, é subsididado pelo governo, porisso é quase de graça. Buenos Aires foi a primeira cidade da América Latina a ter Metrô (1913).

Estação Carlos Pellegrini

Nosotros pegamos o Metrô Linha C na direção contrária. Era o final da Linha Estação Cathedral. Tivemos que retornar e fomos até a Estação Constituicion. As Estações são antigas e no quesito modernidade o metrô portenho perde longe para São Paulo. Na Constituicion pegamos um ônibus (1.40 pesos) para La Boca.

Estação Constituicion

O bairro La Boca tem como principal atração o Caminito, que se caracteriza pelas casas construídas com lata. É chamado de Museu a ceu aberto. Nesta rua ficam os pintores expondo e vendendo seus trabalhos,


São cortiços, na verdade, feitos com pedaços de navios, maquiadas com ajuda do governo e nas imediações se juntam dançarinos de tango, lojas de quinquilharias cheia de brasileiros,

display de madeira para a gente ser fotografado como se estivesse dançando tango,

Fernando Pessoa dizia que todas as cartas de amor são ridículas, mas acho que não são mais do que turistas...mas turistas que não tiram foto no display também são ridículos.

e bailarinos à caráter posando com turistas para fotos.

Quem conhece o Euripedes sabe que ele não perderia esta chance né?


Sabe aquele tango "Caminito que el tiempo ha borrado,...". A escolha do nome da rua foi uma homenagem a este tango. É a segunda vez que tiramos foto aí, o Mural é....esqueci.


O famoso Bar La Perla com a foto do Carlos Gardel, pra variar, o Museu do Quique em frente ao estádio do Boca (o Quique foi um conhecido animador de torcida e incentivador do time) e o prédio símbolo do Caminito.


Quase todas fotos desta montagem foram retiradas da Net, porém são lugares da Boca que vimos no nosso City Tour de terça feira.
1- O Mural Cenográfico do Bairro que recria com objetos cenas e personagens do bairro, como Maradona.
2- Pizzaria Banchero - Foi inaugurada pelo imigrante genovês Agustín Banchero em 1932. É uma das pizzarias mais tradicionais de Buenos Aires.
3-Fundação Proa -dedicada à divulgação da arte contemporânea.
4-Estadio Boca Juniors - La Bombonera -capacidade para 57.000 pessoas. Diego Maradona é homenageado com uma estátua de mais de 2 m de altura. Possui um Museu com um cinema 360°
5-Museu de Belas Artes -Sua arte é inspirada na vida do porto no bairro de La Boca. Exibe uma coleção de máscaras, na sua maioria feitas no bairro.
6- Casa Amarela - É uma réplica da casa do Almirante Guillermo Brown (marinheiro irlandês pioneiro das forças navais argentinas),e é sede do Instituto Browniano e do Departamento Estudos Históricos Navais. (Será que alguem vai lá?)
7- Torre do Fantasma -Uma lenda do bairro diz que no mirante do último andar habita o fantasma de uma pintora que se suicidou no lugar.
8-Museu de Cera -cenas que evocam a epopéia do sul de Buenos Aires, desde sua origem até nossos dias.
9- Antiga ponte “Transbordador” -De 1914 e sua estrutura é de ferro. Era usada por pedestres, carroças e bondes.


Vuelta de Rocha
Dom Antonio Rocha foi o proprietário destes terrenos onde hoje se levanta uma pracinha com forma de navio; anteriormente chamada “De los Suspiros”, porque era onde se reuniam os genoveses para recordarem sua pátria.

La Boca é um bairro pitoresco que não deve deixar de ser visto. Está sendo retirado dos guias devido a violência que se espalha pelo bairro, principalmente à noite. Vá durante o dia.

SAN TELMO






Domingo e só domingo é dia de ir a San Telmo ver a Feira de Antiguidades da Praça Dorrego e "otras cositas" nos arredores. Repare na multidão descendo a rua.





Feira de Antiguidades. Quem se interessa? Muitos bares, muita gente (brasileiros) andando de um lado para o outro, dançarinos de tango, estátuas vivas, músicos e vários artistas.



Hora de almoçar. Vamos para o Desnível. "Nesta clássica churrascaria na principal rua de antiquários do bairro, os churrasqueiros usam aventais ensangüentados e portam facas (uma mistura de Sweeney Todd com Joe Pesci) e os garçons são ousados. (Timeout)." Já li que é do tipo Restaurante Pé Sujo do Brasil , Mas não é. A comida é farta, barata e saborosa.



Primeiro, deguste a cerveja vedete de Buenos Aires. Quilmes Tome uma de 900ml. Deliciosa.



Depois da experiência em La Casona del Nonno, pedimos 4 pratos. Afe! Era carne pra alimentar umas 12 pessoas (de dieta). Veja o bifinho do Pedro. Ficou pesaroso, mas teve que se conformar em deixar uma sobra.


Outras atrações de San Telmo


Entre o Desnível e a praça Dorrego fica o Mercado de San Telmo de 1897, sua fachada é de estilo italiano e o interior é uma estrutura de ferro com telhados de chapas e de vidro. Muitas antiguidades e frutas de primeira. Como as ameixas ....

Monumento Canto ao Trabalho - 14 estátuas de bronze puxam uma pedra.


Faculdade de Engenharia. Um edifício de estilo neoclássico



Igreja Ortodoxa Russa da Santíssima Trindade Seu estilo é moscovita do século XVII. Ela conta com cinco cúpulas turquesa coroadas por cinco cruzes direcionadas para o Oriente.


Parque Lezama- Guarda numerosas esculturas, o Museu Histórico Nacional, (com torre, mirante e galería),


Viejo Almacén - 1969: Edmundo Rivero, cantor de voz grave e refinada interpretação, transforma o Antigo Armazém de Secos e Molhados em um Templo do Tango. Nasce o Viejo Almacén.


Não fomos ao Viejo Almacen, mas quem foi achou excelente. Disseram que o teatro que é um pouco desconfortável.

PLAZA DE MAYO

De San Telmo, pegamos um Taxi e fomos para a Plaza de Mayo. Chegamos exatamente na hora que ia começar uma visita guiada pela Casa Rosada. Não deu vontade de ir. Os guias insistiram muito, rsrsrs, até tiraram foto conosco, mas agradecemos. Visita guiada ao Palacio de Governo não faltaria exaltação à Presidente, mesmo que ela não mereça, e em espanhol me dá um soninho...




"A Plaza de Mayo é a principal praça do centro da cidade de Buenos Aires. Seu nome se deve a revolução ocorrida em maio de 1810, e desde 1977 tem sido o local de encontro de Mães da Plaza de Mayo, as quais exigem o aparecimento de seus filhos raptados durante o governo militar. É a caixa de ressonância das grandes manifestações populares do país e cenário de expressões políticas, sociais, esportivas e artísticas. É o centro da vida política de Buenos Aires. "

As palmeiras da praça foram levadas do Rio de Janeiro.
É na Praça de Maio que estão os edifícios mais importantes da cidade como Casa Rosada, Banco de la Nacion, Catedral Metropolitana, Sede do Governo da Cidade de Buenos Aires, Cabildo, Casa da Cultura.


A Casa Rosada segue um estilo eclético com expressão classicista. É a sede do Poder Executivo da Nação Argentina e da Presidência da Nação desde 1862. Muitas manifestações políticas e artísticas, várias cenas dos filmes "A História Oficial" e “Evita” foram gravadas nas sacadas do palácio.


Estátua de Manuel Belgrano em cima de um cavalo esculpido em bronze, em frente à Casa Rosada. Belgrano foi um advogado, político e militar argentino. É autor da bandeira argentina. Eu disse para a Raquel que ele foi Presidente da Argentina. Guia mequetrefe, preciso estudar mais.


"Pirâmide de Maio construída para comemorar o primeiro aniversário da Revolução de 1810. Em frente à Pirâmide de Maio há uma discreta placa, que passa despercebida aos olhares desatentos, e que diz o seguinte: “Debaixo desta placa encontra-se a mensagem aos jovens do ano 2000 que o Presidente Peron enterrou em 12/08/1948, para ser desenterrada em 12/08/2006.” O que diz esta misteriosa mensagem? A mensagem teria sido violada nos anos 50 e foi até publicada em um livro do próprio Peron. Parece que os peronistas fazem uma cerimônia por lá de tempos em tempos e relêem a mensagem."



Banco de La Nacion

Catedral Metropolitana - O edifício, depois de um século e meio de obras, foi terminado em 1822.Possui uma fachada em estilo neoclassico sem torres. As 12 colunas representam os apóstolos.



Sede do governo da cidade de Buenos Aires(Prefeitura) Este edifício construído entre 1891 e 1902 tem um estilo que corresponde ao academicismo francês, com elementos italianos.



O Cabildo -É a instituição representativa dos interesses locais. O edifício data do ano de 1940, quando foi restaurado em estilo colonial. Em seu interior funcionam o Museu do Cabildo e da Revolução de Maio, a Comissão Nacional de Monumentos, Passeios a Museus Históricos e uma feira de artesanato.

Da Praça de Mayo pegamos um taxi e fomos para o Hotel descansar um "poquito".
A maioria das informações passadas aqui foram extraídas do site http://www.bue.gov.ar/home/ que recomendo para quando forem visitar Buenos Aires.

SHOW DE TANGO

Refeitos do tour La Boca, San Telmo, Plaza de Mayo, chegou o grande momento. SHOW DE TANGO. Josi, a taxista que nos trouxe do aeroporto para o hotel fez a reserva pelo celular, nos passou o número (da reserva) e o Teatro, de posse do nosso nome e do Hotel, marcou de nos buscar às 19:30. Tudo funcionou perfeitamente.
Existem vários Teatros que oferecem Shows de Tango. Levamos daqui a indicação do "Esquina Carlos Gardel". Acertamos. Dizem que o famoso "Senor Tango" é muito brega. Uma outra dica é do "Piazzolla Tango" que fica no subsolo da Galeria Guemes-Florida, estilo Belle Epoque, e dizem que apresenta um belissimo espetáculo.


"Esquina Carlos Gardel"

Assim que chegamos, confirmamos a reserva e já nos encaminharam para uma fila onde, "obrigatóriamente" batem uma foto nossa com um casal de dançarinos de tango, fazendo aquela pose tradicional. Depois eles vão à mesa com a foto e querem vendê-la por 15 dólares. Portanto, fuja da roubada, diga que sua religião não permite tirar fotos e vá para sua mesa.


Fomos acomodados numa mesa muito bem localizada, os garçons trouxeram os cardápios com 3 opções para escolher - Entrada, Prato Quente e Sobremesa. Bebidas à vontade - Vinho branco, tinto, refrigerante e água. Tudo muito eficiente e rápido.

Como Entrada optei por - "Rubias de New York "-rolos de mussarela de bufala recheadas com presunto cru, pétalas de tomate fresco marinados com azeite de oliva e balsâmico.
Euripedes preferiu -" Volver "- Carpaccio de filé, Angus com vinagrete de lima, salada de rúcula, tomates confeitados, lâminas queijo e alcaparras.(foto)


"Su Ojos se cerraram" - foi a nossa escolha do prato quente. Salmão grelhado,sobre risoto de alga nori, pó de azeitonas pretas e molho de endro.



Minha sobremesa foi "Recuerdo Malevo" - Sorvete de mascarpone sobre torta úmida de cassis e compota de frutas vermelhas e o Euripedes escolheu o da foto - "Cuando Tu no estás "- Biscuit citrico com sorvete cremoso de limão, redução de laranja e trule de merengue. (Não poderia deixar de descrever este cardápio pitoresco, começando pelo nome dos pratos.


Ao nosso lado acomodaram-se 11 senhoras iranianas e imediatamente Euripedes associou-as ao G11 (nosso grupo ). Tentou identificar cada uma de nós, e bateu essa foto em que quase ninguém aparece, só Raquel e eu rsrsrsrsrsrs.


22:30 todas as pessoas já foram servidas, os talheres retirados, continuam servindo só bebidas e começa o Show.

IR-RE-TO-CÁ-VEL, FAN-TÁS-TI-CO, MA-RA-VI-LHO-SO!
São deuses e deusas que se entrelaçam no ritmo do dois por quatro, provando que a perfeição é possível. Figurino chic, corpos esculturais, a sensualidade da dança se espalha, emociona e extasia. No tempo e no compasso certo, a dança se alterna com um cantor de tango no melhor estilo e uma cantora de primeira grandeza.





Gostaria de ter filmado pelo menos um número da dança,(não é proibido) mas esqueci de levar meu carregador de bateria e, com receio dela acabar, não fiz. Encontrei no Youtube este vídeo atual com um dos números que vimos, com o mesmo figurino e casal de dançarinos. Deixe o vídeo carregar completamente e, só então, assista sem interrupção.



Durante o Show o garçom veio à nossa mesa receber o pagamento da Reserva (700 pesos ) e pediu uma gorjeta de 10%. Uau! Fiz as contas rapidinho, sem o jantar, o show custaria 500 pesos. Demos 20 pesos equivalentes aos 10% do jantar. Justo e correto. Lembrem se deste detalhe quando forem lá.


Acredito que existem outros shows tão bons ou melhores. Não deixe de ir. O espetáculo dura o tempo certo, não cansa e tem preço justo. Traslado ida e volta, jantar e show por 370,00 reais o casal, incluindo a gorjeta.



O motorista da van que nos transportou, avisou que estaria parado na porta no final do espetáculo e que procurassemos pelo número 30. Ao sairmos, havia umas 20 Vans paradas na porta todas com o número 30 impresso no vidro. E agora? Descobrimos que 30 era o número que identificava a empresa das vans e o número que o nosso motorista segurava nas mãos. kkkkkkkkk



Repare na mão do Carlos Gardel. Ai que meda!


RECOLETA -

Um dos bairros mais conhecidos internacionalmente, a Recoleta é imperdível, seja por seus cafés, bares, feira de artesanato ou até mesmo pela noite, dedicada ao público jovem. Imitando Paris, possui grandes áreas verdes e fachadas em estilo francês. O charmoso bairro ainda concentra algumas construções de época e uma das ruas mais caras do comércio portenho.
E, mesmo que possa parecer mórbido, entrar no cemitério da Recoleta é uma atração, no mínimo, pitoresca. Lá estão enterradas as principais figuras da história argentina, entre elas, a talvez mais famosa, Eva Perón. Lá, estão personalidades enterradas de 1862 a 1930.

É lá que fica o Hard Rock Café argentino, com sua lojinha de camisetas, bonés e moletons famosos que circulam por aí.
O bairro também abriga o Museu Nacional de Belas Artes, recheado de novidades e instalações em sua volta, prédios e monumentos e a embaixada do Brasil. (http://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/americadosul/argentina-buenos_aires-recoleta.shtml )
Pegamos um Taxi para a Recoleta e descemos na Praça França. Nesta praça, aos domingos, tem uma famosa feira de artesanato.



Dizem que essa árvore se chama Gomeiro, mas pesquisando, Gomeiro seria um tipo de eucalipto. Ela não se parece com Eucalipto. Mas é uma árvore símbolo do Bairro.


Basílica "Nuestra Señora del Pilar"- 1732



Conserva os confessionários, grande parte das imagens e elementos de culto da época.



Cemitério da "Recoleta"
Cemitério público desde 1822. Em quase seis hectares jazem os restos de guerreiros da independência, presidentes da República, escritores, cientistas e artistas. Aqui o famoso túmulo de Evita.



Primeiro centro comercial latino-americano voltado exclusivamente para a arquitetura, design e decoração.

Passeadores de Cachorros. Buenos Aires tem 3 milhões de habitantes e 1 milhão de cachorros

Posted by Picasa




O bairro conta com numerosas estátuas e esculturas ao ar livre em parques e praças. Afirmou-se, exageradamente, que "Recoleta é o bairro que mais estátuas tem em todo mundo". E essa aqui é do Gal. San Martin.



Foi o primeiro shopping de Buenos Aires, inaugurado em 1989. É pequeno em comparação com os mais recentes, porém suas lojas não deixam nada a desejar, reunindo as grifes mais caras da Argentina e também as reconhecidas Kenzo, Versace, Dior, Lacroix e Cacharel.

Na Recoleta pagamos outro grande mico. Saimos de Udi com a intenção de ir ao Bairro no domingo ou na segunda para visitarmos o Malba - Museu de Arte Latinoamericano de Buenos Aires, onde está o famoso Abaporu de Tarsila do Amaral, porque na terça feira estaria fechado. Depois de visitarmos os locais das fotos acima, tivemos (Raquel e eu) um lapso de memória e pegamos um taxi para a Florida. Só nos lembramos do Museu no City tour da terça feira. Are baba!


RUA FLORIDA

Comentei que me decepcionei com a Rua Florida à noite. Estive em Buenos Aires pela primeira vez em 1989 e "com o desaparecimento do Austral, milhares de pessoas passaram para a pobreza: a hiperinflaçao devorou salários, gerou revoltas, impulsionou saques e terminou por destronar Raul Alfonsin." A cidade estava triste e a Florida também. Inesquecível um rapaz sentado na calçada tocando um violão e cantando "Gracias a la Vida' (quase chorei) e pessoas bem vestidas pedindo uma moeda.






Voltei a Buenos Aires em 1994. "Carlos Menem recebeu o governo em 1989, com o país mergulhado no caos econômico e inflacionário iniciado no governo de Alfonsín. Em seu primeiro mandato, Menem se concentrou em estabilizar a situação inflacionária do país. Para tanto, sancionou a Lei de Convertibilidade, impulsionada pelo seu ministro da economia Domingo Cavallo, que tinha o objetivo de equilibrar a equivalência entre o dólar e o peso argentino. Além disso, privatizou inúmeras empresas, abriu o mercado e firmou o Tratado de Assunção, que deu origem ao Mercosul, na intenção de formar um forte bloco econômico sul-americano e estabelecer um mercado comum entre seus membros." O segundo mandato de Menem já foi outra história, mas em 1994, a situação estava melhor do que em 1989 e a Calle Florida fervilhava de argentinos e turistas principalmente brasileiros. Agora, depois da decepção de sábado à noite, retornei durante o dia e a surpresa foi mais do que agradável, um comércio dinâmico, lojas, galerias, shopping, em pleno funcionamento e muita gente na rua, brasileiros principalmente.




O Shopping Galerias Pacífico merece uma visita mesmo que não se pretenda fazer compras. É um lindo edífício de 1889. A grande cúpula central foi construída e decorada com 12 afrescos executados em 1946 por vários artistas.



O Sorvete Freddo merece a fama que tem. Gostei muito do doce de leite com amêndoas. Dica para vocês.Ficam expostas vários tamanhos e tipos de embalagens. Escolha número dois, porque percebi que independente do tamanho, os atendentes colocam a mesma quantidade de sorvete, exceto para as embalagens bem maiores.


AVENIDA DE MAYO

Da Florida fomos para a Avenida de Mayo que "liga os poderes Executivo e Legislativo da Rep. Argentina e duas das suas principais praças: Plaza de Mayo e Plaza del Congreso. Este é o caminho que os Presidentes eleitos da Nação percorrem no dia da posse. O circuito entre as duas guarda algumas das melhores atrações da cidade, além da Avenida ser toda arborizada com plátanos, o que lhe dá uma beleza toda especial no outono e na primavera é o local preferido para os desfiles de protesto ou para realizar as comemorações de feriados nacionais. Ela recebeu heróis lendários e foi o lugar onde o povo assistiu com tristeza o desfile lento de funerais de mortos ilustres. A Avenida perdeu, ao longo do tempo, muitas caracteristicas devido a mudanças que não respeitaram a construção estética original.
Localizada em Montserrat, é a espinha dorsal do centro histórico e cívico da cidade. Nascida opulenta e majestosa se tornou um símbolo das relações Argentina-Espanha, e a cena de todos os eventos sociais em Buenos Aires. Foi a primeira avenida da República na América do Sul.
A rua começou a ser construída em 1894, com vocação para transformar-se em um boulevard parecido aos que se encontram em Paris. Embora seu projeto original tentasse seguir o estilo art nouveau francês, logo o local começou a absorver a influência do estilo espanhol trazido pelos imigrantes.
Uma década mais tarde, a Avenida de Mayo já era um lugar que transbordava vida por todos os lados, com o aparecimento dos primeiros hotéis de luxo, confeitarias e cafés. Centro da efervescência cultural de Buenos Aires, marcaram presença nessa avenida personagens tão importantes como Carlos Gardel, Ortega y Gasset, Puccini, Clemenceau, Albert Einsten ou Federico García Lorca, entre muitos outros.


Aqui fica o tradicional Café Tortoni, o mais antigo de Buenos Aires que ainda está em funcionamento e que criou o clássico chocolate com churros. Artistas, escritores e políticos usavam-no como um refúgio para os intelectuais exilados de Franco e republicanos que argumentaram ou lutaram violentamente contra a Guerra Civil Espanhola. Inaugurado em 1858, foi sede do Agrupamento Popular de Artes e Letras criado em 1926, pelo pintor argentino Benito Quinquela Martín. Entre seus membros estavam Alfonsina Storni, , José Ortega y Gasset, Jorge Luis Borges e Molina Campos, entre outros. Por suas mesas passaram figuras como o popular Carlos Gardel e Juan Manuel Fangio; e pessoas de prestígio internacional como Albert Einstein e Federico García Lorca. O grupo foi fechado em 1943, mas o bar e adega ainda fazem apresentações culturais, especialmente tango e jazz. A decoração do café mantém a mesma de seus primeiros anos.



Acima, da esquerda para a direita Euripedes Barbosa, brasileiro, professor da Facic-UFU, Jorge Luis Borges, escritor, poeta, foi afetado pela cegueira que ajudou-o a criar símbolos literários através da imaginação, Carlos Gardel, de naturalidade desconhecida foi o mais famoso cantor de tango argentino e Alfonsina Storni poetisa que em 1938 aos 46 anos caminhou para dentro do mar. Tres dias antes escreveu o Poema "Eu Vou Dormir". Seu suicídio foi poeticamente registrado na canção "Alfonsina y el mar", (lindissima) gravada por Mercedes Sosa.

Alfonsina Y El Mar
Mercedes Sosa
Composição: Ariel Ramirez / Felix Luna
Por la blanda arena
Que lame el mar
Su pequeña huella
No vuelve más
Un sendero solo
De pena y silencio llegó
Hasta el agua profunda
Un sendero solo
De penas mudas llegó
Hasta la espuma.

Sabe Dios qué angustia
Te acompañó
Qué dolores viejos
Calló tu voz
Para recostarte
Arrullada en el canto
De las caracolas marinas
La canción que canta
En el fondo oscuro del mar
La caracola.

Te vas Alfonsina
Con tu soledad
¿Qué poemas nuevos
Fuíste a buscar?
Una voz antigüa
De viento y de sal
Te requiebra el alma
Y la está llevando
Y te vas hacia allá
Como en sueños
Dormida, Alfonsina
Vestida de mar.

Cinco sirenitas
Te llevarán
Por caminos de algas
Y de coral
Y fosforescentes
Caballos marinos harán
Una ronda a tu lado
Y los habitantes
Del agua van a jugar
Pronto a tu lado.

Bájame la lámpara
Un poco más
Déjame que duerma
Nodriza, en paz
Y si llama él
No le digas que estoy
Dile que Alfonsina no vuelve
Y si llama él
No le digas nunca que estoy
Di que me he ido.

Te vas Alfonsina
Con tu soledad
¿Qué poemas nuevos
Fueste a buscar?
Una voz antigua
De viento y de sal
Te requiebra el alma
Y la está llevando
Y te vas hacia allá
Como en sueños
Dormida, Alfonsina
Vestida de mar.






Jóias arquitetônicas se sucedem em antigos e atuais cafés, hoteis, teatros que marcaram a vida política, econômica, social e cultura da Argentina. As figuras oníricas, sereias, anjos, flores, de ferro e alvenaria, foram espalhadas nas varandas, fachadas, portões, telhados de ardósia e cúpulas suntuosas como em Paris, Barcelona ou Madrid, misturadas com elementos do estilo de Louis XIII e Luís XV e ornamentação de caráter italiano.







Palácio Barolo - Na década de 1910, o industrial Luis Barolo e o arquiteto Mario Palanti, sonharam trazer as cinzas do poeta Dante Alighieri a Buenos Aires e construiram um santuário na Avenida de Mayo numero 1300. O Palácio Barolo foi o prédio mais alto do mundo, até a construção do Cavanagh, no ano 1935. Construido num estilo que combina o gótico veneziano e a arquitetura religiosa da India, o Palácio Barolo surpreendeu desde seu início, sendo o maior exemplo da “arquitetura esotérica”, de princípios do século XX. No topo sobre o farol, está a constelação do Cruzeiro do Sul, que pode-se ver alinhada com o eixo central do Palácio Barolo nos primeios dias do mes de junho às 7:45 da noite. A divisão geral do prédio é feita em três partes: inferno, purgatório e céu. O primeiro andar é o inferno, os seguintes 14 andares são o purgatório e os outros andares em cima, o paraíso, onde o farol representa Deus.


Chegando a Praça do Congresso, o Pensador de Rodin é a primeira de muitas esculturas.



Monumento ao Congresso



Congresso - Sede do Poder Legislativo Nacional. Construído em 1906, segue um estilo greco-romano, dentro do academicismo italiano.



PUERTO MADERO
À noite rumamos para Puerto Madero a bordo de um taxi e pegamos um congestionamento gigantesco de caminhões. O motorista do taxi não soube explicar e nós ficamos sem saber o motivo de todo aquele furdunço. Fomos direto para o Cassino (só para conhecer)

CASSINO DE BUENOS AIRES
Apesar de serem proibidos na província de Buenos Aires, a história do cassino é pitoresca: para driblar a lei, seus donos o instalaram dentro de um navio em Porto Madero. Lá, ele não fica sediado no território de Buenos Aires, e, assim, responde às leis marítimas, que permitem o jogo.
É um cassino flutuante que funciona em uma embarcação antiga tipo Mississippi. Tem capacidade para mais de 2500 pessoas em uma superfície de 2700 metros quadrados. Possui 600 máquinas e 100 mesas de jogos com roleta, póquer, black jack, ponto e banca entre outros, distribuídos nos 4 andares do barco, Possui transporte gratuito a partir da Av. Cordoba (ficamos sabendo depois) e turista não paga para entrar. Não é permitido entrar com máquina fotografica. Você tem que deixá-la na portaria.


Estas fotos são do próprio site do Cassino. Muitas salas, muito dourado, muito vermelho e muitos, muitos idosos homens e mulheres jogando freneticamente. Poucos jovens. Algumas pessoas jogam em mais de uma mesa ao mesmo tempo. O restaurante do cassino não está funcionando no momento. Vai reabrir em junho, acho.




Saímos e pegamos o transporte doCassino para irmos à zona de restaurantes do bairro, porém como ainda havia o tal congestionamento, o motorista nos deixou numa esquina e disse para caminharmos 2 quadras, virar à direita, atravessar uma pequena ponte e chegariamos ao destino. Seguimos as instruções passamos pela “Puente de la Mujer” obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava. A ponte gira 90 graus para permitir a passagem dos navios. A construção levou 12 meses e foi concluída em 2001.



E andamos, andamos, andamos (acho que erramos o caminho) e chegamos ao "Siga la Vaca", que só tinha buffet completo, quando só queriamos tomar um vinho e comer um tira gosto. Sem saber pra que lado ir, à noite, sem mapa, pegamos um taxi até a 9 de Julho/Corrientes e terminamos no MCDonald's comendo uma salada.

Posted by Picasa

CITY TOUR

IMG_3244


Quando fomos comprar o ticket para o City tour ficamos sabendo que não aceitavam dólares, reais, nem cartão de crédito, apenas pesos. E as Casas de Câmbio só abririam às 10 h. Este simpático mineiro (foto) de Aimorés - Mg cambiou 100 Dólares por pesos para nós e assim pudemos fazer o city tour das 9 horas.

Repare que o Pedro está se escondendo lá atrás , porque estava usando o cachecol da Raquel.

bus-turistico

Este é o ônibus que faz o City Tour.

IMG_3240

Assim que saimos da Florida, passamos pela Praça de Mayo, e pela Alfândega de Taylor, atrás da Casa Rosada, onde fica este Monumento a Cristovão Colombo.

IMG_3241

Seguimos pela Avenida de Mayo, entramos na 9 de julho, onde deparei com este Monumento a D. Quixote que fotografei em homenagem ao Cleanto.

IMG_3242

Da Praça do Congresso a Montserrat, San Telmo e La Boca

IMG_3245

S6300098

Fonte das Nereidas

Reserva Ecológica - Costanera Norte

6097058

Monumento ao Tango

IMG_3250

De Puerto Madero até Retiro há uma sucessão de modernissimos edificios

IMG_3254

IMG_3251 - Cópia

IMG_3253

A Puente de la Mujer

6112970

817572

Plazasanmartin

No Retiro, a Plaza San Martin exibe o Famoso Monumento ao Herói.

7056355

Edificio Kavanagh

IMG_3255

Torre dos Ingleses

2285002554_2463f5075b_b

Memorial a los Caídos - Soldados Mortos na Guerra das Malvinas

IMG_3256 800px-buenos_aires_-_floralis_generica_5

Recoleta

Floris Generica. Trata-se de uma flor de metal gigante, construida em aço inoxidável e alumínio que abre (de dia) e fecha (à noite) como uma flor natural. Cada pétala pesa 4 toneladas. (Sera?)

CIMG2599

Escultura de Fernando Botero

IMG_3258

Palermo - Jardins, Monumentos, Esculturas

IMG_3259

Monumento aos Espanhois

Buenos%20Aires%20Abril%202010%20101

Malba - A Raquel e o Pedro foram lá confirmar que estava fechado.

Descemos em Palermo para o almoço. Vamos lá!<>


planetario-palermo-buenos-aires

O Planetário de Palermo não passa despercebido.

IMG_3261 IMG_3260

Fizemos uma pausa no City Tour e fomos para Palermo Soho – Praça Julio Cortazar e almoçamos no Malasartes.

Região de lojinhas descoladas, fomos apreciando e batendo pernas até a Av.Cordóba, na região dos outlets.

Visitamos o Jardim Botânico, que impressiona pela quantidade de esculturas.

IMG_3262

A Loba Romana

IMG_3263

IMG_3264

Muitos gatos de verdade

IMG_3266

Estátuas e mais estátuas.

colonap2

O City Tour termina na Praça Lavalle onde fica o Teatro Colon que está sendo restaurado e reabre no próximo mes de maio.

IMG_3277

IMG_3279

Chegou a hora de nos despedirmos de Buenos Aires. Fomos para a Recoleta, conhecemos o famoso Bar Locos por el futbol L x F.

Pizza, Quilmes e a famosa Empanada argentina, que não pode deixar de ser provada, deram o tom da nossa últim noite em Buenos Aires. Valeu!

VOLTANDO PARA CASA

Quarta-feira, 21 de abril, 8 horas e 40 minutos, fomos fazer o check in no aeroporto e nos informaram, que o vôo das 10:40 não existia mais. Havia sido cancelado há mais de uma semana e a Tam não avisou. Transferidos para um vôo das 14:30 tivemos uma nova surpresinha: vôo atrasado e o funcionário nos entregando novos bilhetes SP-Udi para o dia 22, 5ª feira, porque não chegariamos a tempo da conexão. Depois de quase 8 horas no aeroporto, saímos de Buenos Aires as 16 horas, chegamos em São Paulo 2 horas depois e gastamos quase o mesmo tempo da viagem para desembarcar. Um Boeing 777 com mais de 360 passageiros sem passarela, desembarcando pela escada, aguardando o ônibus para chegar ao saguão onde havia uma fila imensa nos aguardando, porque a brasileirada que estava no avião ia fazer conexão em vôos que já estavam saindo ou, como nós, ia pegar o voucher para o Hotel. Fomos hospedados em um Hotel perto de Cumbica, portanto teríamos que pegar taxi para Congonhas às 5 da manhã. Chegamos em Udi na quinta feira de manhã, 12 horas depois do previsto, com uma certeza: o caos aéreo é uma triste realidade que só tende a piorar.

IMG_3281

Esta escultura está no saguão do Aeroporto de Buenos Aires e provei que uma carga de bateria deu para tirar fotos até na última hora. (Esqueci de levar o carregador de bateria).

46%20Casais%20na%20casa%20de%20show

Meu muito obrigada aos nossos companheiros de viagem Raquel e Pedro. Vocês foram incríveis, como todos companheiros de viagem devem ser: bem humorados, solidários, generosos, pacientes, tolerantes, amigos. Até a próxima. Beijos.

Quero registrar aqui algumas observações sobre a viagem.

-Os homens argentinos se cumprimentam dando beijinho no rosto.

-Todas as pessoas com quem conversamos, taxistas, garçons, vendedores, funcionários do hotel, etc. estão insatisfeitos com a Presidente Cristina Kirchner. E dizem mais: ter a Cristina como presidente e o Maradona como técnico é castigo em dose dupla.

- Não deparamos com nenhum taxista desonesto como apregoam as revistas e blogs.

-A carne argentina e uruguaia são as melhores do mundo.

- O vinho argentino está cada vez melhor.

-Uma taxa de 18 dolares que era cobrada no embarque para o Brasil foi excluída.

-Quase toda compra dá direito a um comprovante (não se esqueça de pegá-lo no caixa da loja) para receber, no aeroporto, o imposto de volta. É devolvido através do Cartão de Crédito.

-Não vi obesos em Buenos Aires.

-Fazer compras na Argentina não é assim tão vantajoso. Os preços são equivalentes aos do Brasil.

- Traga Alfajor para presentear os´amigos. É delicioso.<>

5 comentários:

Iara Fonseca Schmidt disse...

Já estou ansiosa pra saber dessa viagem.... Estou aqui na Europa, mas tenho muita vontade de conhecer a Argentina.... em especial "o caminito" ai ai... Beijos pacientes por novidades, Iara

Cyntia disse...

Delma,

Quero bastante dicas, pois talvez vamos pra lá em setembro... suas dicas sempre são mto bem vindas... :)

Bjim

Delma disse...

Iara e Cyntia

Não deixem de ir. Não se arrependerão.
Bjs

Buenos Aires disse...

Contamos com uma equipe de Guias de Compras, que lhe ajudam, guiam e assessoram sobre suas compras, onde e como fazê-lo, otimizando seu tempo e alcançando os melhores preços.
Fazendo com que O senhor compre só aquilo que realmente deseja, quando comprar não só é uma exigência, é antes de tudo e sobretudo, um prazer pessoal.

Conhecemos os grandes segredos desta nossa cidade e seus pequenos e especiais lugares, com experiência o guiamos a fazer suas compras, no vastíssimo e fascinante mundo das aquisições em lugares de grande qualidade, design de vanguarda e preços muito convenientes.
Roupa, calçado e indústria dos artigos de couro em couro de vaca, ovelha, capivara, camurça, lanas, peles de chinchila, coelho, manufaturas relacionadas com os esportes hípicos, botas, cascos, colchas e lençois e inclusive vinhos e chocolates

Aqui encontrará:
Rédeas de compras em Buenos Aires a Argentina, passeios de tango, passeios de compras, turismo… Seu Assessor de compras lhe ajuda a encontrar o casaco em couro que o senhor necessita para uma ocasião importante, o bolso ou os sapatos na cor sonhado ou talvez o presente para essa pessoa tão especial, que o espera a seu retorno

SEM CUSTO
FREE TRANSFERÊNCIAS

Fábrica de roupa de couro de vaca, ovelha, casacos, sacos e saias.
Fábrica exportadora de roupa de couro vaca, vaca enrugada, ovelha e peles.
Fábrica Couro de capivara, indústria dos artigos de couro, campesinas, sacos e botas.
Fábrica de carteiras e indústria dos artigos de couro fina linha italiana, modelos em Lagarto e couros especiais.

Fábrica de Sapatos, bota, Carteiras, sapatos de dama e cavalheiro, última moda, modelos únicos, materiais genuínos.
Fábrica de cashimere. Oulet Nike,Puma, Lacoste, La Martina, Guess, Swach, Diesel, Brooksfield, Dior.

Transporte de ida e volta ao Hotel, gratis.

Nao duvide em nos comunicar. Buenos Aires lhes espera para passar os melhores dias em nossa Cidade e como em familha.

Contacto Sra. Marcela
argentour2009@gmail.com

Delma disse...

Vou transferir comentários de postagens que refiz

Iara Fonseca Schmidt disse...
Tia .... estou adorando as novidades e acompanhando. Espero ansiosa pelo post de hoje :)

ps: essa foto do Tio Eurípedes com o amigo Pedro (eu acho) está muito engraçada...kkkk.... Saudades de vcs ;)

Beijos curiosos, Iara

25 de abril de 2010 07:45


Iara Fonseca Schmidt disse...
Uma pena tantas modificações numa cidade que nos dá uma visão tão linda... (isso pra quem nunca foi à Buenos Aires). De qualuqer forma, me parece que vcs 4 aproveitaram bastante... estou querendo saber mais!!!!

Beijos ansiosos, Iara


25 de abril de 2010 07:48
Cyntia disse...
Delma,
Adoro saber destes "micos", quem não tem pra contar, não se diverte do mesmo tanto....
Estou feliz que estejam felizes...
:)
Conta mais...
Bjim,
Cy

25 de abril de 2010 15:34


Anônimo disse...
Esse mico foi muito legal e vamos dizer bem comemorado e até ''brindado''!
Beijos, Alcy

28 de abril de 2010 22:50

Anônimo disse...
Dilurdis

Gostei muito das fotos de Buenos Aires.
O Eurípedes ficou mais para mexicano que argentino,só faltou o sombreiro.
Adorei o mico KKKKKKKKKKKKKKKK
Conta mais.
Bjs regina

26 de abril de 2010 22:12

Anônimo disse...
DELMITA!!! As fotos, o texto, as explicações, tudo perfeito.
E o moço que ''perdeu a cabeça'', que legal!!!fiquei vendo um tempão!
A morena que tirou Eurípedes pra dançar... a cerveja, os companheiros de viagem, o prato do Pedro com aquela beleza, Raquel com um vinhozinho por perto, Você com a raposa, as ruas, o porto, o ''love is in the air''...
A notícia de que havia 4 excelentes companheiros de viagem em terras portenhas chegou por aqui!
Vimos que na viagem a alegria foi pra lá de garantida!!!
Uai sô, na próxima viagem a gente quer ir também!
Beijos, Alcy

28 de abril de 2010 22:46

Iara Fonseca Schmidt disse...
Tia.... estou me deliciando com as suas aventuras em "mi Buenos Aires querido" - continue escrevendo.... estou acompanhando ansiosa :)

beijos imaginativos, Iara

29 de abril de 2010 10:27

Anônimo disse...
DELMITA,
Você já tinha tirado uma foto do vento tão bonita quanto essa? Adorei!!!!!!!Parabéns!!!!!!
Alcy

29 de abril de 2010 19:23

Anônimo disse...
Dilurdis
O documentário de Buenos Aires ficou excelente.Me vejo lá há 4 anos atrás. A praça na Recoleta é Plaza Francia e o monumento é do General San Martín,libertador da Argentina.
Bjs Regina

3 de maio de 2010 23:28


Sfad disse...
Incrível, depois de um passeio virtual aqui, a vontade de conhecer ao vivo aumenta. Gostei...

7 de maio de 2010 00:05


Sfad disse...
Puente de la Mujer - está a única obra de Santiago Calatrava de toda a América Latina. Foi inaugurada em 24/08/2001, pouco tempo depois da reinauguração de Puerto Madero.

A Puente de la Mujer possui 5 metros de largura, 160 metros de comprimento e pesa cerca de 800 toneladas. Possui uma forma pontiaguda branca cuja inclinação é de 39° em relação à horizontal e cuja altura é de 34 metros. Desta “espinha” nascem 19 cabos de aço de 5 cm de diâmetro que suportam o peso da parte da ponte que gira 90° até ficar paralela ao dique, liberando espaço aos grandes barcos que passam pelo porto
.

7 de maio de 2010 00:09

Anônimo disse...
Tô achando tão bom ''viajar'' com Vocês que mandei uma amiga do Rio entrar no blog pra ver as dicas, e coisas lindas que Vocês viram e ela pode ver também, pois ela vai pra BAires esse mes.
Beijos, Alcy

3 de maio de 2010 11:03