sexta-feira, 8 de abril de 2011

Despedida

Este é um texto de despedida. Como todos vocês perceberam, este Blog é muito pessoal. Tão pessoal que na minha apresentação de perfil, escrevi:

 Quem sou eu

Uma pessoa que gostaria de falar sobre a própria vida, mas a minha vida envolve minha família e não tenho o direito de expô-la. Sendo assim meu desejo se esvazia, porque eu não sou sem os meus.

Resolvi não continuar por perceber que minha vaidade acabou por suprimir o bom senso. Por outro lado, usar o bom senso pode me submeter à censura. E eu sou abolutamente contra a censura. Usá-la me faria perder a autenticidade e me violentaria. Luiz Felipe Pondé, diz que "o risco da aceleração para o vazio é grande e o desejo de permanecer tendo sucesso no mundo contemporâneo tem a consistência de um gás venenoso. Respiro do mesmo gás. Morrerei do mesmo veneno."

Eu não quero morrer envenenada, mas concordo com o Pondé quando ele diz: "A desvalorização do envelhecimento é consequência inevitável da inaptidão do idoso para responder às demandas do capital e da paixão idiota pela velocidade. Sendo o idoso a “encarnação” do passado, e tendo sua experiência valor zero no mercado do mundo, é inevitável que ele sinta que não vale nada. ... a maioria dos idosos é banal e pouco sábia. Aliás, o efeito das grandes quantidades é sempre este: redução do valor como mercadoria, banalização do conteúdo. Quanto mais idoso existe, menos ele vale no mercado dos homens. Contradição dura esta, não? A vida longa é desejável, mas o resultado é o aumento do estoque de banalidade na forma deformada do corpo humano. Outro fator a destruir o lugar do idoso no mundo contemporâneo é sua substituição por outros instrumentos de transmissão de conhecimento: internet, mídia, uma escola a cada esquina (mesmo que vagabunda). Esse fenômeno foi chamado de “morte do narrador”: ninguém precisa do idoso para “narrar o mundo” e dar sentido a ele. O idoso é ultrapassado, não acompanha as mudanças, é lento, tende ao repouso. De lugar da produção de sentido (o narrador da vida), ele passa a ser o abismo da falta de sentido dela: envelhece, perde funções vitais, é um peso para os seus, ocupa espaço e é inútil."

Agradeço aos meus seguidores, visitantes, principalmente àqueles que deixaram aqui seus comentários carinhosos e delicados. Um agradecimento especial à Alcy e Regina que me estimularam quase diariamente com seus comentários tão generosos. Confesso que estou de coração partido, mas sei reconhecer o momento da retirada. Um beijo carinhoso para todos.

Delma

39 comentários:

Iara Fonseca Schmidt disse...

Tia .... o que aconteceu ?

"Não se va, não nos abandone por favor ..." rs

Adoro seu blog, seu jeito de contar as coisas e as noticias e todas as outras novidades... nem sempre comento mas sou seguidora fiel !

Beijos incentivadores e motivadores,

Iara

Anônimo disse...

O que é isso amiga?? Pq vai nos deixar? Não faça isso...reconsidere a sua decisãO.
Precisamos envelhecer juntas!!
Te aguardo ... bjosss
Raquel

Anônimo disse...

Tia????? Como assim???

E as histórias mirabolantes e encantadoras da nossa família? Como vamos continuar nos deliciando com suas postagens inteligentes, culturais, históricas, etc, etc, etc...

Por favorrrrr!!! Não nos prive desse deleite!!!

Reconsidere, please!!!!

Amamos você e o seu carinho com todos que a rodeiam!!

Beijos

Cláudia

Anônimo disse...

Fiquei surpresa e muito triste com a noticia que voce esta tirando seu blog de circulaçao!
Espero que voce reconsidere sua decisao e nao nos deixe.
Beijos com carinho,

Cristina

Anônimo disse...

"Que pena Delma, espero que continue escrevendo ainda que seja so para voce."

Daniela Holler

Natália disse...

Aaaaahhh, tia, fico tão triste.

Se dependesse de mim, e de todos os seus leitores, pelo jeito, o blog continuaria pra sempre. Não nos abandone não!

Beijos carinhosos

SFAD disse...

Porque desligar a CONEXÃO? Não sabendo ao certo o que dizer, ou simplesmente lamentando a despedida, fica o registro de um apelo: "Notícias, fatos, curiosidades, 'babados' estão sempre na mira de 'babacas' curiosos e interessados interessantes. Fazer notícia, noticiar ou dar notícias é o que o teu blog trasmite. A Conexão UDI, às vezes, de jeito piegas para uns e, eloquente para outros conecta sentimentos, traz à tona valores que você vem sempre e sempre nos passando e ensinando. Não sei o que aconteceu, respeito teus motivos, mas não gosto, nem aceito tolhir a sua "velhice", como eu mesmo brinco, vovó high-tech, num cenário de POR QUÊ?
A exposição de fatos sempre levam ou deixam no ar expostos os lados da moeda, o livre arbítrio da interpretação é de cada um e a leitura ou não dos posts, bem como comentar, também é livre.
Se a Conexão irá cair, pelo menos não deixe se apagar sua Luz, mãe! Garanto, tem uma porrada de gente que se 'morde' para ter ou ser como você.
É uma pena mesmo!!!
Triste beijo, mãe.
Sérgio Fonseca e família

Blog da Crica Cunha disse...

Penso que é na melhor idade é que temos muita coisa para contar e ensinar. Faz parte não agradar á todos.
Seu blog é muito sensível, cultural e tenho certeza que fará falta para os seus seguidores.
Lembre-se árvore que dá frutos que leva pedrada!!
"A palavra é um dos elementos com que o homem costuma lavrar sua felicidade ou sua desventura". Da Sabedoria Logosófica.
Pense melhor!!
bjos
Cris

Anônimo disse...

DELMA!!! Altos protestos! Você escreve bem, faz o exercício da confiança e do compartilhamento, nos informa, diverte, delicia com tudo, tem um dom e esse dom é único, é seu e ele nos presenteia a cada momento.Sua família é tão rica em amor, histórias, união... quer coisa mais linda de se ver, de se ler? Culta, responsável, alegre, escreve com a pena do core, da informação, do prazer... Continue conosco...
Beijos, Alcy

Anônimo disse...

Delma,

Poxa Uberlândia fica mais triste hoje...
Procurei uma descrição para saber o motivo de se ter um blog: "compartilhar informações, estabelecer uma reputação online ou expressar suas impressões descompromissadamente. Em qualquer dos casos, acaba estabelecendo relações – tanto dentro da rede quanto fora dela. Isso sintetiza o que podemos chamar de cultura blog" e o seu é isso... gostamos tanto de ler um blog no qual fala de curiosidades, cultura útil e ínutil também e por que não? O inutil às vezes se torna útil sim, que seja para alegrar, distrair pessoas que buscam isso mesmo,saber um pouco mais sobre diversas curiosidades presentes no nosso mundo... lemos para aproximar de pessoas que gostamos e que de alguma forma ficamos mais distantes e assim dividimos um pouquinho da emoção, aproximando as famílias...
Acredito que o blog tem esta fucionalidade de um ambiente bastante pessoal onde você poderá expressar suas idéias de forma espontânea e sem a preocupação com ninguém, com ninguém mesmo...
Acredito que se seu blog não agrada uma pessoa, lembre-se que vc está agradando sim vários que entram todos os dias para ler seus posts... para aqueles que de alguma forma tentam absorver este seu equilíbrio das palavras, sua opnião inteligente, um pouquinho da suas experiências que merecem ser lidas por todos que queiram aprender um pouquinho mais com esta eterna professora, mãe, avó, esposa, amiga, sogra, ex-sogra(rs), tia, companheira, mulher...
Pense melhor antes de sair da conexão...
Bjim de quem te admira muito. Cy

Vera disse...

Estou chocada !

Ainda bem que salvei tudo de maravilhoso que vc postou sobre minha família.

Não sei o motivo de tão drástica decisão, porém respeito e acato.

Foi lindo enquanto durou.....

E continuará sendo....

Vera

Anônimo disse...

AH!, Delma quanta injustiça! Justamente agora que começo a conhecê-la ( de verdade), vc. tira o time do campo?

Isso para mim tem um nome: injustiça. Justifico-me: Quando aparece no mundo uma raridade de pessoa( como vc, claro), que enxerga o mundo de forma carinhosa, cristã, familiar, jovem, espontânea, inteligente, rica, desprendida, altruísta e verdadeira, essa pessoa sai de campo, se retira da raia, se despede?

Sinceramente, pode ser egoísmo de minha parte, mas não estou me conformando com essa despedida. Por que?

Será que vc. percebe que sua forma de estar-no-mundo é super especial? Será que vc. compreende que o seu olhar sobre o mundo ajuda, engrandece, amplia horizontes??? Sinceramente, protesto. Veja, abri os meus emails, num sábado de manhã e me deparo com a sua despedida. Confesso, fiquei triste. Puxa vida! Justo agora que encontro uma pessoa inteira, culta, sensata, honesta, firme e despretensiosa, essa pessoa se despede? Estou sendo egoísta nesse meu protesto?

Veja Delma como são as coisas,bastou uma viagem turística, alguns minutos sentadas lado a lado num ônibus, algumas eventuais troca de prosa, aqui e ali ,para abrir-me os olhos para a pessoa que eu já conhecia há tanto tempo? Pode???

Então, Delma, deixo aqui o meu egoístico protesto: fique a nos brindar com a riqueza dos tesouros que vc. tem guardados no fundo do seu baú e, já que o seu blog permitiu abrí-lo, com chave de ouro, para todos nós, por favor, não pare.

Abraço

Mariú

Anônimo disse...

Tia Delma querida, respeito seus motivos, mas ainda assim quero apelar para o bem que seu blog faz para a cidade de UberlÂndia e para cada uma de nós,especialmente: Sobrinhos, filhos e amigos. Uma vez eu te disse que esse blog é prova de sua generosidade e quero reafirmar isso!!!
Lembre-se de Quintana: " ELES PASSARÃO... eu PASSARINHO>" Seja esse passarinho a nos deliciar com seus vôos. Por favor!
Te abraço! NAMASTE!!! Fernanda sua sobrinha admiradora de sua generosidade , dentre todas as outras qualidades....

Laurister disse...

Tia Delma, também estou pasma e muito triste. Muitas vezes quis dizer, escrever ou fazer o que publicou no seu Blog e isso tem a ver com a família cósmica a que pertencemos (eu, a sra e todos aqueles que te admiram e te seguem no blog). Por isso, os que não "curtem" o blog "passarão" e assim como disseram em todos os comentários, se voltar atrás na sua decisão te daremos a maior força.
Beijos
Laurister

Anônimo disse...

Delma!!!!!!Fico mto triste com a noticia.Gosto da maneira clara e inteligente q vc escreve.Estou sempre deliciando com seu blog
apesar de não colocar comentário.Lamentável.Bjs Sylvinha.

Anônimo disse...

Oi Delma


Fiquei chateada de vc se despedir do blog, afinal estou sempre lendo e ADORO!!!!!
Pode ter certetza q a maioria das pessoas ficarão chateadas com a sua decisao; pois
Vc é criativa, inteligente, delicada e escreve super bem!!!!
Vc é demais!!!
Se mudar de ideia vamos achar bem bom!!!!:)
Um beijao
Dri

Anônimo disse...

Delma
Éuma pena pois sei o quanto vc gosta do seu blog.Mas devemos acatar sua vontade,pois deve ter bons motivos para encerra-lo.Espero que continuemos a nos enviar emails.Pode contesta-los a vontade.Bjs
Irene

Anônimo disse...

Hoje quando li seu e-mail fiquei triste ...........visitei varias
vezes seu blog. Me identifiquei muito com ele. Sempre com assuntos
variados e interessante,suas viagens seus filhos e netos, conheci mais de perto Você e sua família, mesmo de longe, com uma amizade não presente fisicamente, e de........quase 40 anos.... entendo o porque desse encerramento. Infelizmente
estamos vivendo um Mundo em que cada Ser está em um estágio diferente de evolução, onde devemos preservar cada vez
mais a nossa Família. O mais importante disto é ser FELIZ e sei que você é.

Bjs.
Mônica

Anônimo disse...

Tia
Fiquei muito triste com a noticia do fim do blog, nao fiz muitos comentários, mas sempre estava lendo.
Concordo plenamente com o Sergio e todos que manifestaram contra o fim, porem vc deve ter seus motivos.
Ficaremos felizes se vc voltar atras.
Bjos
Angela

Anônimo disse...

Delma
Estou de luto!Nada a comentar!
Bjs
Regina

Maria Cristina Pintaudi Peixoto disse...

Delma,vc não enquadra em termos de velhice, pessoa ultrapassada,apagada nesta vida.Deixe estas ideias ultrapassadas para algumas pessoas (risos) como esta prima aqui que lhe está escrevendo, tá? Mas que te admira muito e se orgulha de fazer parte de sua familia! segue em frente e não desista nunca de expor a todos este seu jeito bacana de ser. Bjos. Cristina

Anônimo disse...

AMIGA
Não deixe seu Blog...
Por favor...
Aprendi muito com você.
Não abandone suas amigasssss.....
Por favor volte..... volte
Meu carinhoso beijo
Sandra de Sousa Lemos

"Se a tristeza vier por qualquer motivo, faça o seguinte:
Evite as sombras que ficaram para trás, olhe o caminho
a sua frente e siga sempre.
Assopre o pensamento triste,
Deixe escorrer a última lágrima,
Vá até o final do poço, mas volte renovado.
Então, respire fundo
Tirando da natureza a energia para elevar sua alma.
Abra então a janela,
Aquela que dá para o vôo dos pardais, procure a luz que pisca adiante.
Ao encontrá-la,coloque-a dentro do peito,
De tal jeito que possa ser notada do lado de fora.
Espalhe a cor rosa em torno de si...
Dê amor...
A todas as criaturas vivas.
A felicidade é o seu objetivo...
E a paz que você procura
Será encontrada dentro de você
Onde Deus colocou um pedacinho de si."

Anônimo disse...

Delminha querida,não sei o que dizer... sei que foram poucos os meus comentários a respeito do seu blog, não por falta de interesse, mas principalmente por não ser uma expert no assunto. Isto não quer dizer que não vá sentir falta de todos os comentários feitos por você com tanto carinho e tanto amor, como em tudo que você faz. Você é uma amiga muito especial, sempre nos dando ânimo em nossa caminhada pela vida... esteja certa você vai nos fazer falta, e muita, de verdade! Sei que blogar é algo importante prá você, te faz bem não só a você como a todos os seus amigos. Quanta informação e quanto estímulo em nosso dia a dia. Peço a Deus que te oriente e mostre o melhor caminho a seguir. Só posso dizer que sinto muito. Mas quem sou eu prá dar palpites. Que Deus te abençoe!!! Beijos,

Solange

Anônimo disse...

Delma,
Você, autêntica como sempre, deve ter razão bastante para não dar continuidade com o seu Blog. Veja que não foram poucas as manifestações de pesar pelo fim de Conexão Udi. A sua constante presença no Blog me fez lembrar de um pensamento que diz "“Viva de maneira que sua presença não seja notada,mas que sua ausência seja sentida.”
Lamento ser privado daqueles bons textos quando dizia da sua vida, dos seus netos,das suas netas,dos seus irmãos,dos seus pais e do seu esposo.
Diante da sua decisão de parar com Blog permita que eu dê uma sugestão. Considerando a sua grande capacidade para escrever poderia tornar-se uma cronista. Assim todos nós seríamos presenteados através da Internet com belas crônicas. Então? Não custa tentar!
Finalizando quero parabenizá-la pelo relevante trabalho que deu ao Blog durante todo esse tempo.
Abraços
Rubens

Anônimo disse...

DELMA

Apoio sua decisão ao anunciar a despedida do BLOG.

Só nós sabemos o que nos interessa e se vale a pena ir em frente ou não.

Portanto, tem meu apoio e aval em sua decisão.

Um abração
Vanda

Anônimo disse...

Delma
Que pena ! Apesar de nem sempre fazer comentários , admiro a sua capacidade de escrever sobre os diversos assuntos. É bonito quando escreve sobre a família, amigos, viagens e acontecimentos presentes e passados...Repense a sua decisão, pois você possui um dom que muitos gostariam de ter.
Certa vez , num comentário, disse que você poderia reunir tudo que escreveu e escreve num livro. Que tal a idéia ? Ficaria orgulhosa de ter uma amiga escritora!
Espero que reflita bem e escolha o melhor caminho, pois o importante é estar em paz e feliz consigo e a família.
Abraços carinhosos
Maria Helena

10 de abril de 2011 20:39

Ricardo Adriano do Nascimento disse...

Volte, há pessoas que necessitam das suas palavras verdadeiras, das suas histórias. Leio diariamente suas postagens e me fascino com todas elas. A ida sem volta, é o mesmo que um presente sem um passado. mande um recado para os seu ... (Não se vá)

Euripedes disse...

Delma, vc que tem uma facilidade enorme de expressar o que os seus SEGUIDORES gostam de ver e sentir, creio que todos, "todos" ficaram apreensivos e até decepcionados com sua decisão de acabar de vez com suas informações, comunicações, exemplos de vida, etc.
Quando nos submetemos a apreciação pública, temos que estar dispostos e preparados para enfrentar obstáculos, mesmo que sejam difíceis de serem superados, temos que encará-los. Pense nisto e volte, por favor. Sou seu incondicional fã e neste mister é que faço esta solicitação. Volte. Beijos e beijos. Euripedes.
Em tempo: Todos os grandes, para serem grandes e continuarem grandes, venceram vários obstáculos. Que Deus te proteja! Vá em frente.

Delma disse...

Queridos amigos

Obrigada...Obrigada...
Tanto carinho, tanto afeto recebidos nestes 5 dias valeram cada post, cada palavra colocados neste Blog. Os comentários, telefonemas e e-mails de vocês me emocionaram muito e inundaram meu coração de felicidade,fazendo desaparecer qualquer vestígio de tristeza pelo fim do Blog.
Continuaremos conectados pela troca de e-mails e nos encontros que a vida nos brindar.
Bjs

Delma

Anônimo disse...

Delma
Só no domingo,quando entrei no seu blog,vi a postagem de sua despedida. Travei...não consegui sequer comentar nada. Tristeza profunda. Como seriam minhas noites solitárias, sem a Conexão? Quanta informação, conhecimentos, causos...e eu deliciava com tudo que era postado.
Mas, você deve ter bons motivos para desligar a conexão, contudo, tenho certeza que dos amigos jamais isso acontecerá. Não esmoreça, você é culta, talentosa, inteligente, dedicada e pode continuar a escrever. Faça como minha amiga -escreva a história dos seus netos maravilhosos e fofos- Aí,vale a pena....
É, o blog se foi muito cedo,mas foi bom enquanto durou...
Sinta-se reconhecida e admirada por mim.
Até breve e um carinhoso abraço,
Regina Bernardes.

Anônimo disse...

Oi minha amiga
Embora eu não tenha muito tempo para acessar a Net, sempre te visitava e achava muito inteligente. Que pena!!!!!!!bjus
Maria Alice

Anônimo disse...

Querida Delma,

Seu blog é um dos mais interessantes para mim. Só não implorei para vc continuar em respeito a sua decisão e, principalmente, porque estou tendo o privilégio de manter contato com vc por e-mail.
Te adoro.
Vânia.

Kalanga Brazil disse...

Puxa, fiquei muchinha agora.

Ai amiga, tô te conhecendo hoje e já me diz goog bye! Faz isso não. Oh, penso que se vc escrevia continuamente é pq algum bem a escrita do blog te fazia.
Digo isso por mim que tb tenho família e às vezes sou censurada pelo que escrevo. Mas, entretanto, todavia... meu blog é meu divã de analista, minha terapia mais efetiva nos dias atuais. Por tudo isso e outras "cositas" - que seja vaidade ou não - EU NÃO DEIXO, NÃO DEIXO, NÃO DEIXO E PRONTO.

Repense, mulher. Quando quiser voltar, seja bem-vinda!

Beijão da Délia (Kalanga Brazil)

Kássia Reis disse...

Delma.
Acho que você tem muito a dizer. Sempre encontrei aqui, inteligência, bom senso, informação de qualidade, simpatia, bom humor e, também, quando necessário, uma boa dose de indignação em relação às injustiças deste mundo cada vez mais complexo.
Lamento muito a sua decisão e torço para que você reconsidere!! Não cale a sua voz!
Um grande beijo minha amiga!
Kássia.

Anônimo disse...

Delma. Nem sempre conseguia acessar o teu Blog mas sempre foi , nas vezes que entrei motivo de aprendizagem. Bons momentos de leitura, só fazem bem para a alma da gente e tu sabes ainda sabes didaticamente falando, como ensinar. "As palavras voam, os escritos ficam" ! No caso aqui, as palavras voam para nossos corações e ficam ali gravadas. Quando menos esperamos elas fluem lá de dentro, de alguma gavetinha onde foram se
aninhar. Meu abraço e obrigada pelas boas leituras com as quais nos presenteastes..
Marilia (RS)

Delma disse...

Regina, Maria Alice, Vânia, Délia, Kassia, Marília

Obrigada pelo carinho. Continuaremos conectados pelo desejo de paz.

Bjs
Delma

Silvania Mendes Miro disse...

Olá Delma.

Tive uma grata surpresa ao encontrar seu blog.
Descobri quando você relata que viveram no Cabeleira município de Rio Verde Goiás.
Meu avô era dono da FAZENDA CABELEIRA, recordei de meus pais falarem muito sobre os seus, e da capacidade de seu pai e dos dotes de sua mãe.
Meu avô era senhor João Severo, minha tia esteve em sua casa aprendendo com sua mãe, a Odeth se lembra?
Hoje liguei para minha mãe para contar, fiquei mais surpresa ainda, foi seu pai senhor Jorge que fez o parto de minha mãe quando vim ao mundo.
Quanta emoção!!!!!
Será que você é mãe do Sergio Fonseca que mora aqui no ROCHA E SILVA? É meu vizinho.
Fiquei tyriste por saber que o blog não existe mais
Um grande e afetuoso beijo.
SILVANIA MIRO

Delma disse...

Silvania

Silvania

Seu comentário encheu meu coração de alegria. Que coisa fantástica, a Internet e a rede que ela estabelece. É claro que me lembro do Sr João Severo, da Odete (tenho fotos dela, do período que passou lá em casa). Fui aos casamentos na fazenda dos seus avós, (devo ter ido no de sua mãe)Inesquecível o doce de leite feito pela sua avó.
Vou lhe passar um e-mail.
Bjs

Delma disse...

Silvania

Tenho um filho que se chama Sergio Fonseca Barbosa, arquiteto, mas não mora no Rocha e Silva. Então não se trata do seu vizinho.

Meu e-mail é dluciafb@yahoo.com.br

Escreva para mim, quero saber dos seus e de você.
Bjs